Nikola Tesla Parte 2

Nikola Tesla  Parte 2
março 18 10:56 2017 Imprimir este Artigo
Publicidade

Por Célio Pezza*

Tesla sofria de um mal no qual apareciam flashes de luz diante de seus olhos, acompanhados de alucinações e visões futuristas. Muitas de suas invenções aconteceram dessa forma, como se ele as tivesse recebido de algum local desconhecido. Ele foi um cientista brilhante, mas hoje, apesar de sua genialidade, provavelmente seria considerado um portador de Transtorno Obsessivo Compulsivo (T.O.C.) e esquizofrênico.

 
– Projeto Filadélfia ou Projeto Arco íris – Foi uma tentativa da marinha americana de criar um navio que não poderia ser detectado por radares inimigos. Tesla desenvolveu um equipamento, que foi testado em 22 de julho de 1943, no navio USS Eldrigde. Testemunhas do experimento contaram que o navio foi cercado de um estranho nevoeiro esverdeado, ficou invisível por alguns instantes e alguns tripulantes se queixaram de náuseas. O equipamento foi aperfeiçoado e feito novo teste em 28 de outubro de 1943, junto com o doutor Alfred Bielek, físico da Universidade de Harvard. Durante esse teste, o navio se tornou invisível a olho nu. Ao mesmo tempo, uma base naval situada a 600 km de distancia, afirmou que o navio apareceu durante 15 minutos tendo depois voltado a sumir. Tinha acontecido um teletransporte acidental. O efeito desse evento na tripulação foi terrível, sendo que muitos enlouqueceram e outros tiveram partes de seu corpo fundidas com o metal do navio, como resultado da desmaterialização. O Alto Comando da Marinha cancelou o experimento de imediato e confiscou todo o projeto e anotações existentes. A partir daí a existência desse experimento foi sistematicamente negada pelas autoridades.

 
– Contato com extraterrestres – Tesla afirmava ter contatos com extraterrestres através de ondas de rádio, provavelmente vindas da Lua. Num destes contatos, ele disse que o nosso Sistema Solar teria dez e não nove planetas, conforme informação recebida e teria sido advertido de que as pessoas da Terra deveriam permanecer fora do espaço, a não ser após algum acordo diplomático. Também teria recebido informações sobre o sistema de propulsão das naves espaciais extraterrestres, coisa que passou a investigar.
– Naves espaciais – Tesla afirmava que sua máquina era movida por um sistema anti gravitacional e que poderia se mover em velocidades fantásticas para qualquer direção. Também poderia parar de imediato, sem necessidade de desaceleração. Nunca conseguiu dinheiro e sempre foi difamado por seus inimigos. Tesla buscava uma energia limpa e barata, ao passo que o mundo criava uma indústria suja e dependente do carvão e do petróleo. A propaganda contra ele foi tamanha, que até gibis mostravam histórias de super-heróis combatendo o cientista louco e seus projetos. Numa dessas histórias, Superman destrói a sua torre de retransmissão e seu laboratório, pois eram perigosos à humanidade.
Após sua morte, em 1943, o FBI imediatamente confiscou todos os seus protótipos, projetos, anotações e levou-os para sua sede. Também naquele ano, o Supremo Tribunal dos Estados Unidos declarou que Tesla era o inventor do rádio e não Marconi e reconheceu outras invenções de sua autoria, como da lâmpada fluorescente, a máquina de radiografia com imagens de alta definição e outras. O que sabemos é que quanto mais avançamos na tecnologia, mais aparece o nome de Tesla, zombando do nosso pobre sistema energético. Nikola Tesla! Temos a certeza de que de agora em diante vamos ouvir falar cada vez mais desse gênio esquecido e maltratado.
*Célio Pezza é colunista, escritor e autor de diversos livros, entre eles: As Sete Portas, Ariane, A Palavra Perdida e o seu mais recente A Tumba do Apóstolo. Saiba mais em www.facebook.com/celio.pezza
————————————————————————————————————————
Sobre Célio Pezza
O escritor Célio Pezza iniciou a carreira de escritor em 1999, movido pela vontade de levar as pessoas a repensarem o modelo de vida atual dos seres humanos. Seus livros misturam realidade e suspense, e Celio já tem 8 livros publicados, inclusive no exterior, e é colunista colaborador de dezenas de jornais e revistas por todo o país. Saiba mais em: www.facebook.com/celio.pezza

  Article "tagged" as:
  Categories:

Nenhum comentário!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Adicionar um Comentário

Expresse aqui sua opinião comentando.