Porque a Carminha não terá final feliz na novela Avenida Brasil?

Porque a Carminha não terá final feliz na novela Avenida Brasil?
julho 30 12:00 2012 Imprimir este Artigo
Publicidade

Vou falar a verdade. Essa novela Avenida Brasil está parecendo filme de suspense. Estou gostando muito. Mas me faz refletir algumas coisas.

A Carminha é uma grande vilã, com tudo que tem direito. Com atitudes indevidas, maldosas, etc.

Mas brincadeiras à parte, podemos comentar um comportamento que tenho certeza de que é indevido.

Transferência de Responsabilidade

A Carminha transfere toda a responsabilidade de tudo para a Rita. E todas às vezes que transferimos algum problema para o outro, inviabilizamos a possibilidade de participarmos da solução. A outra pessoa passa a ser dona do problema e da solução. Ficamos passivos e indefesos.

É uma prática comum. É mais fácil. Transferir a ideia de que o outro é culpado por algo.

Quando entendemos que ninguém é capaz de fazer algo sozinho e que de alguma forma facilitamos este processo, passamos a estar envolvidos, tanto no problema, quanto na solução.

E chamar a responsabilidade para si, permite avaliar melhor a situação.

Devemos identificar onde erramos, avaliar o que aconteceu realmente, qual é a situação ideal, como reverter este quadro e partir para ação.

Apesar de esta abordagem começar como uma brincadeira, nos permite uma avaliação bem séria sobre a transferência da culpa para o outro. Tem aquela estória de que “filho feio não tem pai”.

Uma melhor avaliação sobre este comportamento de culpar o outro e sobre o gatilho automático, que nos faz responder sempre da mesma forma, permitirá que possamos crescer.

Será que quem age assim pode mudar. É claro que sim.

Podemos mudar.

Podemos mudar as nossas atitudes e comportamentos. Existem várias técnicas, ferramentas e metodologias que permitem este evolução, para que possamos ter um melhor autoconhecimento e aprender a identificar os padrões comportamentais.

Entenderá como reage ao mundo, fortalecerá padrões positivos e alterará comportamentos que não são produtivos. Refletirá sobre os seus objetivos e os seus pontos fortes que irão colaborar em suas conquistas.

Conheça um pouco mais sobre Coaching e suas variáveis: Coaching de Vendas, Coaching de Vida, Coaching de Carreira, Coaching Executivo, Coaching de Negócios, entre outras áreas.

Só evolui, quem reconhece onde está e toma a atitude certa para crescer.

Só cresce, quem tem coragem de mudar.

Sergio Ricardo Rocha

  Article "tagged" as:
  Categories:
ver mais artigos

Sobre o autor

Editor
Editor

Editor, Gerenciador de Conteúdo.

Ver mais artigos

Nenhum comentário!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Adicionar um Comentário

Expresse aqui sua opinião comentando.