MPT-RJ e MPRJ juntos contra o trabalho infantil

MPT-RJ e MPRJ juntos contra o trabalho infantil
abril 04 08:20 2017 Imprimir este Artigo
Publicidade

Promotores de Justiça receberam a camiseta da campanha #ChegaDeTrabalhoInfantil

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) demonstrou apoio à campanha nacional do Ministério Público do Trabalho (MPT) de erradicação do trabalho infantil. A camiseta, com a hashtag #ChegaDeTrabalhoInfantil, foi entregue pela procuradora do trabalho Dulce Martini Torzecki, coordenadora regional da Coordinfância (Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho de Crianças e Adolescentes) a promotores de justiça do MPRJ, antes de reunião institucional entre as autoridades.

Os promotores de justiça Rodrigo Medina, coordenador do Centro de Apoio Operacional (CAO) Infância e Juventude em matéria não infracional, Alynne Giannini, subcoordenadora do CAO Infância e Juventude em matéria não infracional, Luciana Benisti, coordenadora do CAO Infância e Juventude em matéria infracional, e a promotora Muna Rocha, vestiram, literalmente, a camisa com o tema da campanha.

Para a procuradora do trabalho Dulce Martini Torzecki “questões como o trabalho de crianças nas ruas devem ser enfrentadas em parceria pelos dois Órgãos, que precisam buscar do poder público municipal a implantação de políticas públicas adequadas”. Dulce também ressaltou que outros temas importantes como a exploração sexual de crianças e adolescentes também aproximam os MPs para atuarem em parceria.

As procuradoras do trabalho Maria Vitória Sussekind e Danielle Cramer, integrantes da Coordinfância do MPT-RJ, também participaram da reunião. O objetivo é desenvolver ações conjuntas e projetos com instituições ligadas ao combate ao trabalho infantil.

Uma das estratégias discutidas foi a aproximação cada vez maior do MPT-RJ e do MPRJ com os conselhos tutelares. A ideia é estreitar as relações e contribuir para a orientação e desenvolvimento técnico dos conselheiros a respeito do combate ao trabalho infantil.

  Article "tagged" as:
  Categories:

Adicionar um Comentário

Expresse aqui sua opinião comentando.