Publicado: sexta-feira 15 abril, 2011

Número de processos judiciais contra incorporadoras e construtoras é assustador

                                PUBLICIDADE

Número de processos judiciais contra incorporadoras

cresce quase 400% em São Paulo

Principais reclamações estão relacionadas com atrasos nas obras

 

Com o boom imobiliário dos últimos anos diversas incorporadoras estão enfrentando problemas para entregar as obras no prazo contratado e livres de defeitos. Um dos reflexos disto é o crescimento do número de ações judiciais movidas por consumidores.

 

O escritório de advocacia Tapai Advogados, especializado na área imobiliária, fez uma pesquisa com base nos dados do Tribunal de Justiça de São Paulo para traçar um ranking das incorporadoras/construtoras mais processadas por consumidores. Estes são os principais números:

 

2008 2009 2010
Tenda 57 139 293
Gafisa 44 73 157
MRV 11 58 133
Cyrela 22 28 63
Ecoesfera 8 2 50
Fit (Gafisa) 5 7 31
TOTAL 147 307 727 394,56%

 

 

Os dados são globais (total de processos) e se referem apenas a cidade de São Paulo. Vale destacar que os números são apenas um extrato do problema, já que historicamente o percentual de pessoas lesadas que recorrem ao Judiciário é baixo.

 

“Muitas empresas não se prepararam para a forte demanda e hoje causam uma série de prejuízos para seus clientes. Em muitos casos os atrasos ultrapassam – e muito – o limite do razoável e a opção para o consumidor é buscar uma reparação na Justiça”, explica Marcelo Tapai, sócio do Tapai Advogados.

 

About the Author

- Editor, Gerenciador de Conteúdo.

Deixe um comentário

XHTML: You can use these html tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

PUBLICIDADE