Tradução juramentada e exigência para ser…

julho 25 06:49 2010 Imprimir este Artigo
Publicidade

Entenda sobre tradução juramentada e exigência para ser um profissional habilitado

Saiba quando e por qual motivo esse serviço é necessário

De acordo com a Associação Profissional dos Tradutores Públicos e Intérpretes Comerciais do Estado de São Paulo (Atpiesp), a tradução juramentada pode ser entendida como a tradução oficial que é exigida em todo o território brasileiro para que documentos redigidos em língua estrangeira produzam efeito em repartições da União, dos Estados e dos Municípios, em qualquer instância, juízo ou tribunal ou entidades mantidas, fiscalizadas ou orientadas pelos poderes públicos.

A procura por serviços de traduções juramentadas é grande, tanto por empresas e instituições, como por pessoas físicas, que necessitam utilizar documentos de idiomas diferentes daqueles da língua oficial do país em que vão estudar, trabalhar ou fazer negócios. A tradução juramentada é necessária no Brasil para que documentos, certidões e contratos possam ter um valor legal no idioma para o qual são traduzidos e nesse caso, a tradução é feita por um profissional especializado.

Na definição da Atpiesp, o tradutor juramentado, também conhecido como tradutor público, é aquele profissional devidamente concursado e habilitado pela Junta Comercial do respectivo estado em que exerce o seu ofício. Em tese, o que diferencia um tradutor público de um tradutor comum é o fato de um ser devidamente autorizado para exercer tal atividade.

De acordo com o Decreto Federal nº13. 609 de 1943, o tradutor público deve obedecer às deliberações e às tabelas oficiais de emolumentos da Junta Comercial do Estado de São Paulo. Entretanto, apesar de haver uma certa exigência, é válido ressaltar da importância de se escolher uma boa empresa no momento da contratação. “Antes de contratar um serviço de tradução juramentada é sempre bom se informar sobre as regras para não ter de refazer o trabalho inteiro e gastar um dinheiro desnecessário”, afirma a diretora do Centro Latino de Línguas (www.cll.com.br), Susana Zipman, tradutora juramentada e mestre no ensino de idiomas.

A diretora também considera importante a questão do entendimento sobre as diferenças entre traduções juramentadas e não juramentadas. “Uma tradução normal não vai atender os objetivos de quem necessita de uma tradução oficial. Infelizmente, muitas pessoas só descobrem isso depois do trabalho feito e aí o custo acaba sendo maior do que o previsto.”

Sobre o CLL:

Centro Latino de Línguas (CLL) – Há mais de 15 anos no mercado, o CLL é especializado em traduções simples e juramentadas e no ensino de espanhol e português para estrangeiros. As aulas podem ser realizadas individualmente, em pequenos grupos ou in company. Para saber mais, acesse: www.cll.com.br

  Article "tagged" as:
  Categories:
ver mais artigos

Sobre o autor

Editor
Editor

Editor, Gerenciador de Conteúdo.

Ver mais artigos

Nenhum comentário!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Adicionar um Comentário

Expresse aqui sua opinião comentando.