Polícia brasileira descobre o que O lado sujo do futebol já denunciava

Polícia brasileira descobre o que O lado sujo do futebol já denunciava
julho 09 09:38 2014 Imprimir este Artigo
Publicidade

Polícia brasileira descobre o que O lado sujo do futebol já denunciava: Ingressos vips são um dos maiores esquemas de corrupção do futebol

Um trabalho minucioso de investigação, feita por quatro jornalistas brasileiros, já apontavam O LADO SUJO DO FUTEBOL. A descoberta de que pessoas da FIFA estão envolvidas com vendas ilegais de ingressos só corrobora com as denuncias levantadas por Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni, Luiz Carlos Azenha e Tony Chastinet no livro O lado sujo do futebol (Editora Planeta). Na obra eles comentam e apontam para os diversos casos de corrupção envolvendo o futebol mundial. Ganhar e perder tem um esquema muito bem tramado dentro dos escritórios e não nas quatro linhas, como imaginamos e torcemos. E as várias acusações vêm reforçando tudo que os autores descobriram e escreveram.

Uma obra imperdível e esclarecedora!

A podridão impregnada nos altos escalões das administrações esportivas está acabando com o futebol e enriquecendo muito gente, não só no Brasil, como em vários outros lugares do mundo. Em O lado sujo do futebol os autores comprovam o envolvimento direto de pessoas da CBF com presidentes de clubes e federações para garantir a sua parte nesse latifúndio.

Recentemente a Comissão de Esporte da Câmara dos Deputados solicitou um debate sobre as denúncias feitas na obra desses jornalistas. E veio à tona também uma conta em Mônaco, na qual existe uma investigação para saber a origem de 30 milhões de euros de Ricardo Teixeira, depositados no Banco Pache.

Como podemos perceber, sempre que a polícia investiga ou analisa as transações dos cartolas do futebol acaba descobrindo algo. “Descobrir” os jornalistas Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni, Luiz Carlos Azenha e Tony Chastinet já descobriram e mostram no livro. Tudo devidamente comprovado através de documentos registrados em cartórios, falta agora uma ação mais incisiva para acabar com a corrupção no futebol.

O LADO SUJO DO FUTEBOL – EDITORA PLANETA

O Lado Sujo do Futebol é um convite para o leitor deixar a arquibancada e acompanhar de perto as negociatas realizadas nas tribunas. Uma obra polêmica e corajosa, repleta de informações e documentos, que vão mostrar ao leitor a face obscura do esporte mais popular do mundo.

A obra chega às livrarias recheado de traições, contratos suspeitos, amizades de interesses, cartel, subornos, enriquecimento ilícito, coações, jogo político e muita sujeira. No prefácio, Romário define bem a importância do livro: “Agora, mais do que nunca, tenho certeza de que a CBF é mesmo o câncer do futebol!”.

Para mostrar ao torcedor o que acontece, de fato, além das quatro linhas, a Editora Planeta montou um forte time de jornalistas investigativos. Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni, Luiz Carlos Azenha e Tony Chastinet trazem à tona fatos amparados em documentos oficiais retirados de cartórios do Brasil e do exterior, transcrição de conversas gravadas, informações rigorosamente apuradas e criteriosa pesquisa em arquivos de revistas e jornais.

O Lado Sujo do Futebol é o retrato definitivo do que é feito com a paixão do torcedor. Mostra como João Havelange e Ricardo Teixeira desenvolveram um esquema mafioso de fraudes e conchavos, beneficiando a si e seus amigos. Fifa e CBF se tornaram um grande balcão de negócios, no qual são firmados acordos bilionários, que envolvem direitos de transmissão e multinacionais de material esportivo. Um grande jogo de bolas marcadas, cujo palco principal são as Copas do Mundo.

Os autores advertem: “Se você não quer perder a ingenuidade em torno do esporte mais apaixonante do mundo, pare por aqui”.

Portanto, prepare-se. Começa agora o jogo de verdade.

OS AUTORES
Esse trabalho primoroso de apuração não aconteceu por acaso e não foi uma tarefa fácil. Somente profissionais experientes e com veia investigativa poderiam montar um quebra-cabeça tão intricado e repleto de labirintos. Os autores Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni, Luiz Carlos Azenha e Tony Chastinet são vencedores dos principais prêmios da categoria, entre eles o Esso.

Autor do best-seller A Privataria Tucana, Ribeiro Jr., de 50 anos, atuou na IstoÉ, O Globo, Correio Braziliense e Estado de Minas, sendo premiado em todos eles.

Cipoloni, de 36 anos, também foi repórter em jornais impressos nos primeiros anos de carreira e, há 10 anos, está na TV Record, onde ocupa o cargo de Chefe de Redação.

Um dos grandes nomes do jornalismo da televisão, Azenha trabalhou na TV Manchete, no SBT e na Globo, antes de se transferir para o time de repórteres especiais da Record. Tem 56 anos e cobriu duas Copas do Mundo.

Completa o time Tony Chastinet, de 43 anos. Jornalista que tem passagens pelos principais jornais, rádios e emissoras de televisão de São Paulo, sempre na função de repórter investigativo.

SERVIÇO:
O Lado Sujo do Futebol
Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni, Luiz Carlos Azenha e Tony Chastinet
Editora Planeta
ISBN: 978-85-422-0333-2
Não-Ficção / Brochura / 16×23 / 400 páginas
R$ 39,90

ver mais artigos

Sobre o autor

Editor
Editor

Editor, Gerenciador de Conteúdo.

Ver mais artigos

Nenhum comentário!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Adicionar um Comentário

Expresse aqui sua opinião comentando.