Absolvido acusado de matar ladrão de mobilete

Absolvido acusado de matar ladrão de mobilete
julho 23 06:00 2012 Imprimir este Artigo
Publicidade
Presidido pela juíza Carmecy Rosa Maria Alves de Oliveira, o 1º Tribunal do Júri de Goiânia absolveu, nesta quarta-feira (18), Adalberto Fernandes de Oliveira. O réu foi acusado pelo homicídio de Roudiney Barretos de Castro, mas o Conselho de Sentença entendeu que ele não foi o autor crime. Dias antes do fato, segundo relatado na denúncia, Roudiney e Wanderson furtaram a motocicleta de Adalberto e usaram as peças na moto da vítima, porém Wanderson não aprovou a atitude do amigo.

De acordo com o Ministério Público de Goiás (MP-GO), em 13 de maio de 2005, por volta de 1h30, no Setor Parque Tremendão III, Roudiney foi com o amigo Wanderson até um bar nas redondezas, onde, na companhia de mais amigos, conversava e ingeria bebidas alcoólicas. Ao sair do local, aproximadamente às 3h45, ele e Wanderson foram surpreendidos por Adalberto, que estava armado e acompanhado de um colega. Adalberto os obrigou a entrar num veículo e, parando em seguida em uma rua deserta, forçou a vítima e Wanderson a descerem do carro. Ele, então, apontou a arma para a cabeça de Roudiney, que implorou por sua vida, e atirou diversas vezes, mesmo após o corpo ter caído no chão.  (Texto: Carolina Diniz – estagiária do Centro de Comunicação Social do TJGO)

Fonte: TJGO

ver mais artigos

Sobre o autor

Editor
Editor

Editor, Gerenciador de Conteúdo.

Ver mais artigos

Nenhum comentário!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Adicionar um Comentário

Expresse aqui sua opinião comentando.