Banco Cruzeiro do Sul deve pagar indenização para vítima de empréstimo fraudulento

Banco Cruzeiro do Sul deve pagar indenização para vítima de empréstimo fraudulento
outubro 06 08:00 2012 Imprimir este Artigo
Publicidade

O Banco Cruzeiro do Sul deve pagar indenização de R$ 5 mil para F.M.P., que sofreu cobrança indevida. A decisão é da juíza Dilara Pedreira Guerreiro de Brito, da 1ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua.

Segundo os autos (nº 118714-93.2008.8.06.0001/0), F.M.P. passou a receber cobranças relativas a empréstimo, mesmo nunca tendo assinado nenhum contrato com a instituição financeira. Por conta disso, ingressou com ação na Justiça.

O Cruzeiro do Sul, em contestação, disse ter sido vítima de fraude, não podendo ser responsabilizado. Ao analisar o caso, a juíza afirmou que o banco nem chegou a apresentar o suposto contrato de empréstimo. “Evidenciada a negligência na abertura de contrato para estelionatário, a instituição deve ser responsabilizada pelos consequentes prejuízos daí advindos”. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico dessa quinta-feira (04/10).

Fonte: TJCE

ver mais artigos

Sobre o autor

Editor
Editor

Editor, Gerenciador de Conteúdo.

Ver mais artigos

Nenhum comentário!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Adicionar um Comentário

Expresse aqui sua opinião comentando.