Mulher tem direito, inclusive, a revisão de benefício previdenciário do ex

Mulher tem direito, inclusive, a revisão de benefício previdenciário do ex

A 2ª Câmara de Direito Civil do Tribunal de Justiça entendeu, ao julgar o apelo de mulher que buscava garantir parte de benefício previdenciário obtido pelo ex-marido, que ela efetivamente tem direito a receber 50% desse valor.

Os magistrados que compõe a Câmara explicaram que, no regime de comunhão universal de bens, as verbas decorrentes de benefício previdenciário, cujo fato gerador tenha ocorrido durante o período de convivência marital – como neste caso -, devem entrar na partilha, mesmo quando recebidas após a ruptura da vida conjugal.

A decisão do TJ reformou parcialmente a sentença de 1º Grau. É que a mulher também pediu a fixação de pensão alimentícia no valor de um salário mínimo, pleito negado tanto na comarca de origem quanto no Tribunal.

“Não tem direito a alimentos a ex-esposa que, desde a separação, revela-se capaz de prover suas próprias necessidades e não comprova a superveniência de fato modificativo desta situação”, anotou o desembargador Luiz Carlos Freyesleben, relator da matéria. A decisão foi unânime.

Fonte: TJSC

Relacionadas

17 Comentários

Deixe um Comentário
  1. Maurivania Oliveira
    set 05, 2014 - 07:00 PM

    Boa noite,

    Gostaria de saber, se um casal se divorciar após o marido estar aposentado, o valor da aposentadoria será dividido em partes iguais? sabendo que a ex tem 62 anos e o ex 75.

    Grata desde já

    Responder

Deixe um comentário

Direitos Reservados © 2005-2014