Unimed Natal terá que fazer o ressarcimento referente a despesas médicas, assumidas por uma usuária

setembro 28 14:53 2009 Imprimir este Artigo
Publicidade

Unimed Natal terá que fazer o ressarcimento referente a despesas médicas, assumidas por uma usuária

Natal TJRN- A Unimed Natal terá que fazer o ressarcimento referente a despesas médicas, assumidas por uma usuária do plano, no valor de R$ 13.174, bem como pagar indenização por danos morais no valor de 7 mil reais, além das demais despesas decorrentes da implantação de stents revestidos, utilizados no procedimento cirúrgico realizado na paciente.

A decisão partiu da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, que manteve, em parte, a sentença inicial da 4ª Vara Cível da Comarca de Natal. Os desembargadores apenas reformaram o valor referente à indenização por danos morais, ao julgarem a Apelação Cível (nº 2009.004488-9).

De acordo com a Corte Estadual, é necessário destacar que a relação firmada possui natureza consumerista, devendo, pois, para efeitos de indenização, ser o caso vertente examinado sob o amparo da teoria da responsabilidade objetiva, observando o que determina o artigo 14, do Código de Defesa do Consumidor.

A decisão considerou que, na hipótese dos autos, o serviço se caracteriza como defeituoso, pois a paciente, diante de uma situação de urgência, precisou da assistência efetiva e regular do plano, tendo o pleito sido negado sob alegação de que não havia previsão contratual de cobertura para a implantação de próteses conforme requeridas.

“Diante de tal recusa, ficou configurado o ato ilícito que teria causado todo o transtorno”, conclui o relator do processo no TJRN, desembargador Expedito Ferreira.

  Article "tagged" as:
  Categories:
ver mais artigos

Sobre o autor

Editoria
Editoria

Ver mais artigos

Nenhum comentário!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Adicionar um Comentário

Expresse aqui sua opinião comentando.