Fórum de Parnamirim demonstra a preocupação da Justiça com a prestação de um bom serviço

Fórum de Parnamirim demonstra a preocupação da Justiça com a prestação de um bom serviço
dezembro 22 15:05 2016 Imprimir este Artigo
Publicidade

“Fórum de Parnamirim demonstra preocupação da Justiça com a prestação de um bom serviço”, destaca Claudio Santos ao inaugurar nova unidade

Prédio recebeu investimentos de R$ 12,5 milhões abrigará 14 unidades judiciárias

“Esta obra do novo Fórum da Justiça Estadual em Parnamirim é de imensa envergadura e dimensiona a nossa prioridade pelo bom serviço prestado pelo Judiciário”, afirmou o presidente do Tribunal de Justiça, Claudio Santos, ao inaugurar o moderno prédio da Justiça Estadual na cidade vizinha a Natal. Terceira maior cidade do Rio Grande do Norte, com população de 242 mil habitantes, Parnamirim recebeu hoje (19) contará a partir de agora com as instalações do Fórum Tabelião Otávio Gomes de Castro – localizado na Rua Suboficial Farias, nº 280, bairro Monte Castelo – que conta com 5.621 m² de área construída em um terreno de 11 mil metros quadrados. A construção, iniciada em abril de 2014, representa um investimento de R$ 12,513 milhões pelo Poder Judiciário e reúne em um único local as 14 unidades judiciárias de Parnamirim, anterioremente divididas entre quatro endereços diversos, facilitando o acesso da população ao Judiciário.

Estrutura

Foram construídos 18 módulos para Varas, cada um incluindo uma recepção, secretaria, sala de audiências, gabinete para o juiz com banheiro, sala do chefe de secretaria e sala dos assessores.

O prédio tem ainda uma sala de ajuizamento, sala de conciliação, depósito judicial e 18 arquivos individuais para cada unidade judiciária, além de um auditório com capacidade para 220 pessoas. O estacionamento para veículos contempla 105 vagas. O local receberá sistema de monitoramento eletrônico para garantir a segurança dos frequentadores. O fórum também recebeu investimento para aquisição de mobiliário e equipamentos.

O fórum foi construído em pavimento único, mas com estrutura pronta para receber um segundo pavimento, possibilitando uma possível expansão.

Unidades

Atualmente, a comarca conta com 14 Varas e Juizados Especiais, além de um Centro Judiciário de Solução de Conflitos (Cejusc). A mudança das unidades para o novo fórum deverá ocorrer no próximo ano, após o recesso forense.

São elas: 1º e 2º Juizados Cíveis; Juizado Criminal, Juizado da Fazenda Pública; Juizado da Violência Doméstica; 1ª, 2ª e 3ª Varas Cíveis; 1ª e 2ª Varas Criminais; Vara da Fazenda Pública; Vara da Infância, Juventude e do Idoso; 1ª e 2ª Varas de Família.

“Este é um dos maiores fóruns do Estado, no qual em sua construção o Judiciário potiguar teve o zelo de aplicar cada centavo pensando no contribuinte e nos tributos que ele paga para manter a máquina da Justiça Estadual. O trabalho de toda a equipe envolvida neste projeto é de êxito, proporcionado a magistrados, servidores e ao cidadão, condições adequadas de trabalho e instalação”, ressalta o presidente do TJRN, desembargador Claudio Santos a respeito da obra.

  Article "tagged" as:
  Categories:
ver mais artigos

Sobre o autor

Editor
Editor

Editor, Gerenciador de Conteúdo.

Ver mais artigos

Nenhum comentário!

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversa.

Adicionar um Comentário

Expresse aqui sua opinião comentando.