Doenças espirituais e o coração da mulher

Publicado por: redação
14/10/2011 11:12 PM
Exibições: 136

O cardiologista Dr. Roque Savioli afirma que o ser humano é composto por três dimensões: a física, a psíquica e a espiritual. São dimensões que coexistem harmonicamente, mantendo a homeostase determinante da saúde global do indivíduo.

Distúrbios em quaisquer dessas dimensões podem ocasionar disfunções tanto no corpo como no psiquismo e no espírito.

Em Um Coração de Mulher, além de discorrer sobre as singularidades do coração feminino, com o objetivo de despertar para uma realidade: a maior causa de morte em mulheres são as doenças cardiovasculares; o Dr. Roque Savioli dedica um capítulo as doenças espirituais, que podem conduzir, por exemplo, a um AVC, ou um ataque cardíaco.
Sugerimos uma entrevista com o Dr. Roque Savioli onde ele possa falar sobre esse assunto em detalhes.

À seguir alguns trechos do capítulo:

A preguiça e o coração da mulher

Estudos recentes revelam que as mulheres são mais preguiçosas do que os homens para a prática de atividade física. Nos EUA, somente 28% das mulheres fazem exercício de acordo com as recomendações das associações médicas, ou seja, mais de 30 minutos diariamente. O percentual de homens que fazem exercício regularmente chega a 31%. Os benefícios dos exercícios sobre a saúde cardiovascular da mulher são amplamente conhecidos e divulgados hoje em dia.
Por exemplo, caminhadas diárias de trinta minutos com passo rápido reduzem em 30% a possibilidade da ocorrência de eventos cardiovasculares.

Mulheres iradas, mulheres infartadas

Quanto menor é o pavio da mulher, maior será o seu risco de sofrer um infarto ou mesmo um derrame. A ira ou hostilidade é uma característica absolutamente necessária à manutenção da vida, já que é por meio dessa reação que o ser humano se defende dos perigos do cotidiano.

A ira é a força que permite atacar um mal adverso.

Mas, como todos os vícios capitais, a ira torna-se uma doença espiritual quando se transforma em uma arma poderosa de hostilidade contra o próximo ou contra si mesmo.
A ira é uma necessidade violenta de reação provocada por um sofrimento ou contrariedade física ou moral. Nessas circunstâncias, a pessoa se sente impulsionada a descarregar sua raiva em manifestações físicas - no sentido de atacar a outra pessoa – ou de maneira silenciosa.
A ira pode até ser justa, se acontecer com moderação. Caso contrário, a pessoa poderá perder o controle de suas razões, arrastando-se ao ódio e ao rancor e no auge da raiva sofrer um infarto.

Pessoas que apresentam comportamentos instáveis precisam de auxílio de terceiros para recuperar o equilíbrio psíquico.

A inveja e o coração da mulher

A inveja pode levar ao ódio, à tristeza, ao ressentimento, à depressão; sentimentos que resultam em alterações crônicas do nosso psiquismo, com conseqüências nocivas ao nosso coração físico, facilitando a ocorrência de hipertensão, infarto, câncer, aterosclerose etc.
A depressão, por exemplo, leva ao comprometimento do coração e dos vasos, com possíveis ocasiões de infarto ou acidente vascular cerebral.

A Luxúria e o coração da mulher

A paixão da luxúria consiste o uso patológico que o homem faz da sexualidade, que, como pensada por Deus, é uma realidade positiva. Essa doença espiritual caracteriza-se pela procura desordenada pelo prazer da carne.
Na literatura médica, é descrito que a angina durante o coito surge em 9% dos casos e a morte, em três a cada quinhentos homens (0,66%). Um estudo com 5.559 pacientes verificou que a morte súbita durante o ato sexual ocorreu somente em 34 casos, entretanto todos estavam tendo uma relação adúltera.

Dr. Roque Savioli é Doutor em Cardiologia pela Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo). Médico Supervisor da Divisão Clínica do INCOR (Instituto do Coração) do Hospital das Clínicas da FMUSP - Unidade de Cardiogeriatria e Cardiopatia na Mulher. Coordenador do Centro de Atenção ao Coração da Mulher - Hospital Alemão Oswaldo Cruz. É autor dos livros: Milagres que a medicina não contou; Depressão: Onde está Deus?; Um Coração Saudável; Um Coração de Mulher; Fronteiras da Ciência e da Fé.

Vídeos da notícia

Imagens da notícia

Categorias:
Tags: