Nota

Anvisa retira a obrigatoriedade do óleo de soja altamente refinado ser identificado como alergênico

Nota à Imprensa

 

Em relação à Resolução da Anvisa – RE n° 1112, que retira a obrigatoriedade do óleo de soja altamente refinado ser identificado como alergênico, segue posicionamento do Departamento Científico de Alergia Alimentar da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI):

Os óleos ultrarrefinados são potencialmente não alergênicos, uma vez que o processo de refinamento elimina as proteínas responsáveis pelas reações alérgicas. No entanto, alguns pacientes mais sensíveis podem apresentar sintomas após ingestão do óleo de soja, especialmente no trato gastrintestinal. Portanto, a ASBAI entende que, independentemente da frequência de pacientes sensíveis aos óleos vegetais (soja, milho, amendoim, etc), é imprescindível que o consumidor saiba o que está sendo ingerido.

A ASBAI corrobora a necessidade de que os rótulos dos produtos industrializados devam conter claramente a presença do óleo de soja.

Dra. Renata Rodrigues Cocco
Coordenadora do Deptº. Científico de Alergia Alimentar da ASBAI

 

Sobre a ASBAI
A Associação Brasileira de Alergia e Imunologia existe desde 1946. É uma associação sem finalidade lucrativa, de caráter científico, cujo objetivo é promover o estudo, a discussão e a divulgação de questões relacionadas à Alergologia e à Imunologia Clínica, além da concessão de Título de Especialista em Alergia Clínica e Imunologia a seus sócios, de acordo com convênio celebrado com a Associação Médica Brasileira. Atualmente, a ASBAI tem representações regionais em 21 estados brasileiros.

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Anvisa retira a obrigatoriedade do óleo de soja altamente refinado ser identificado como alergênico

You must be logged in to post a comment Login

Comentar

destaque

To Top