Geral

AMAB promove ato contra a corrupção e acontece nesta quarta-feira em Salvador

A intenção da AMAB é atrair, além de magistrados, estudantes, advogados, profissionais de áreas diversas e a população em geral. “Vamos nos unir em prol da civilidade, cidadania e consciência, para, assim, dar um basta na corrupção”, salienta a juíza Márcia Lisboa, uma das organizadoras do evento. No ato, os participantes vestirão camisas pretas com os dizeres “magistrados indignados com a corrupção”.

Um ato público contra a corrupção acontece nesta quarta-feira, em Salvador, seguindo a mobilização que acontece em todo país neste feriado. Na capital baiana, a ação é organizada pela Associação dos Magistrados da Bahia (AMAB), em parceria com diversas entidades da sociedade civil, e começa às 14h, com concentração no Cristo da Barra. Em seguida, todos seguirão em marcha até o bairro de Ondina.

A intenção da AMAB é atrair, além de magistrados, estudantes, advogados, profissionais de áreas diversas e a população em geral. “Vamos nos unir em prol da civilidade, cidadania e consciência, para, assim, dar um basta na corrupção”, salienta a juíza Márcia Lisboa, uma das organizadoras do evento. No ato, os participantes vestirão camisas pretas com os dizeres “magistrados indignados com a corrupção”.

Hoje, também haverá manifestações contra a corrupção em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Florianópolis. Pessoas de todo país se organizaram através das redes sociais, onde são encontradas declarações acerca do tema que move o evento.“A inércia dos cidadãos aparenta comprovar que somos coniventes e que aceitamos essa atual condição em que se encontra a política brasileira, o que não é verdade. A manifestação e pressão popular surtem mais efeito do que imaginamos e por isso conclamamos a todos para tomarem as ruas. Vamos. A rua é do povo e a política também”, convida Patrick Fc, integrante da página “Ato Público Contra a Corrupção” no Facebook.

Entre as entidades que apoiam o ato está a Ordem dos Advogados do Brasil, secção Bahia (OAB-Ba).

Fonte: Nartir Dantas Weber

Comentar

You must be logged in to post a comment Login

Comentar

destaque

To Top