Geral

Documentos comprovam: Escrivão da 26ª Vara Cível de Salvador fraudou certidão em Agravo de Instrumento

Certidão criminosa emanada pela 26ª Vara Civel de Salvador, fulmina Agravo de Instrumento com Efeito Suspensivo em ação em Imissão de Posse. A Corregedora juiza Maria Helena Lordello do TJBA, investiga o caso com rigor por determinação do CNJ.

1 Comment

1 Comment

  1. ADV TSS

    6 de dezembro de 2010 at 23:27

    Gostei de saber que existem pessoas corajosas que divulgam esse grave problema que vem ocorrendo em nosso Pais ,principalmente as fraudes que vem sendo feitas pelos escrivãos e funcionarios que atuam em nome do Poder Judiciario PR na Comarca de Antonina, o obsurdo e que chegou ao ponto dos fraudadores emitir tais certidões fraudulentas para prejudicar inocentes e menores, alias não só fraudam certidões com rasgam folhas de processos, trocam numerações , na calada da noite aparecem despachos e carimbos exprimidos , lá é permitido fraudar qualquer documento ou falsificar qualquer assinatura . a Lei que impera não é a Lei Brasileira . Não está sendo fato excepcional o motivo de mais de sete declarações de suspeições ( juizes, promotores, escrivãos, ..) chegando ao ponto dos processos serem remetidos a outros municipios .RESUMINDO mais de 500 pessoas estão sem jurisdição e como parte e advogada não sei mais a quem recorrer pois já denunciei em todos os lugares já pedi socorro a OAB PR foi fato excepcional está sendo fato excepcional porém ninguem consegue sentir o grande drama e omissão dos direitos humanos que venho sofrendo junto com meus clientes. doi perceber que ninguem está se importando com a gravidade desse fato inedito no MUNDO JURIDICO .

You must be logged in to post a comment Login

Comentar

destaque

To Top