Geral

Conselheiro Fernando da Costa Tourinho Neto pediu vista do processo, suspendendo a votação de processo contra Zveiter

Os conselheiros ressaltaram que não estavam fazendo qualquer juízo de valor, mas apenas votando pelo aprofundamento das investigações. Em seguida, o conselheiro Fernando da Costa Tourinho Neto pediu vista do processo, suspendendo a votação

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) suspendeu, na 136ª. sessão plenária desta terça-feira (11/10), a votação para decidir se abre processo administrativo para apurar denúncias de supostas irregularidades praticadas pelo desembargador Luiz Zveiter, presidente do Tribunal Regional Eleitoral do estado do Rio de Janeiro (TER-RJ) e ex-presidente do Tribunal de Justiça do estado. Segundo as denúncias, Zveiter teria agido, quando presidente do Tribunal de Justiça  do Rio de Janeiro (TJRJ) , para favorecer uma construtora cliente do escritório de advocacia  da família do desembargador.

A corregedora Nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, pediu a abertura de processo para apurar as denúncias e foi acompanhada pelos conselheiros José Roberto Neves Amorim e Carlos Alberto Reis de Paula, ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST).  Na sessão anterior , realizada no último dia 27 de setembro, os conselheiros Marcelo Nobre e Wellington Saraiva anteciparam o voto,  seguindo a decisão da relatora. Os conselheiros ressaltaram que não estavam fazendo qualquer juízo de valor, mas apenas votando pelo aprofundamento das investigações. Em seguida, o conselheiro Fernando da Costa Tourinho Neto pediu vista do processo, suspendendo  a  votação.

Gilson Luiz Euzébio
Agência CNJ de Notícias

Comentar

You must be logged in to post a comment Login

Comentar

destaque

To Top