Geral

Falsas ofertas via SMS podem esconder fraudes; saiba evitar

São Paulo, 25 de setembro de 2014 – Diversas ações de fraude e estelionato (promoções e sorteios falsos) que visam lesar financeiramente os usuários são espalhadas por meio de SMS. Normalmente são sorteios e promoções falsas, oferta de produtos e serviços diversos. Muitas destas mensagens solicitam informações pessoais, como RG, CPF e dados bancários.

Estas mensagens são enviadas por empresas conhecidas como “chipeiras”, que utilizam números pré-pagos de diversas operadoras para o envio de SMS sem autorização. Estas empresas não respeitam o direto do usuário de escolher receber informações via SMS sobre uma marca ou serviço. Eles também não respeitam horários de envios, nem volume, o que causa inconveniências e desconfortos aos usuários.

Como identificar um SMS Spam:

Para identificar os SMS Spams basta olhar o emissor da mensagem. Mensagens legais são enviadas por números de 3 a 6 dígitos conhecidos como “short code”. Já os Spams são enviados utilizando números de linhas comuns, praticamente impossibilitando a identificação do emissor

Dicas de como se resguardar de fraudes via SPM Spam:

  1. Não se deve passar nenhuma informação pessoal sigilosa, muito menos dados bancários.
  2. Ao se identificar o emissor das mensagens (uma marca ou empresa, por exemplo) procurar entrar em contato diretamente com esta empresa e fazer a reclamação formal, informando que não deseja receber mensagens sem o devido consentimento prévio.
  3. Em caso de abusos, uma boa alternativa é buscar o Procon e denunciar a empresa.

Filtros por número de remetente não funcionam, pois estas empresas que praticam o SPAM por meio de “chipeiras” possuem milhares de chips, cada um com um número de linha diferente. Portanto, um bloqueio neste sentido seria totalmente ineficaz.

Comentar

You must be logged in to post a comment Login

Comentar

destaque

To Top