Geral

Ministra Eliana Calmon abre encontro sobre mulheres presas nesta quarta-feira

A corregedora-nacional da Justiça, ministra Eliana Calmon, preside a mesa de abertura do Encontro Nacional sobre o Encarceramento Feminino, às 8h30, desta quarta-feira (29/6), no auditório do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília. O evento promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai discutir, durante todo o dia, a situação das mulheres encarceradas no país.
Também participam da mesa de abertura o conselheiro Walter Nunes e o coordenador do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (DMF/CNJ), Luciano Losekann.

Ao longo do dia, especialistas debaterão questões ligadas ao encarceramento das mulheres no país em painéis coordenados por conselheiros do CNJ. A inadequação das prisões femininas brasileiras, a saúde das mulheres no cárcere, a maternidade e a presença dos filhos nos presídios e os motivos do aumento da criminalidade feminina no país são alguns dos temas a serem debatidos no encontro.

Clique aqui para acessar a programação.

Atualmente cerca de 34 mil mulheres vivem no sistema carcerário brasileiro, geralmente em prisões projetadas para abrigar homens, sem atendimento médico adequado nem ambientes onde possam viver com seus filhos, muitas vezes recém-nascidos.

Serviço:
Encontro Nacional sobre o Encarceramento Feminino
Data: quarta-feira, 29/6/2011
Horário: a partir das 8h30
Local: Auditório Externo do Superior Tribunal de Justiça – STJ.
SAFS – Quadra 06 – Lote 01 – Trecho III. Brasília/DF.

Manuel Carlos Montenegro
Agência CNJ de Notícias

Comentar

You must be logged in to post a comment Login

Comentar

destaque

To Top