Geral

PF combate quadrilha por crime de moeda falsa em Brasília

Dinheiro

Brasília/DF – A Polícia Federal deflagrou hoje (14) a operação Coin Flip que tem por objetivo combater uma quadrilha investigada por derrame de moeda falsa em Brasília. Até o momento já são 72 casos sob investigação da Polícia Federal no Distrito Federal.
No total, foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão. As ações que acontecem nas cidades de Santa Maria/DF e no Novo Gama/GO são resultado de quase um ano de investigações dos policiais federais.

Coin Flip
O nome da operação evoca uma expressão que, em inglês, quer dizer literalmente lançamento de moeda, mas também serve para designar o ato de lançar uma moeda ao alto com o objetivo de obter uma resposta entre duas opções possíveis, o cara e coroa. A opção pela referência ao cara e coroa lembra o fato de que cada moeda falsa era comprada pela metade do valor de uma verdadeira, posto que o criminoso que adquirisse a nota falsa teria que pagar para cada duas notas falsas uma verdadeira.

PRF apreende cerca de 4 milhões de cigarros contrabandeados no interior da Paraíba
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 4 milhões de cigarros contrabandeados durante fiscalização na noite de ontem (12), na BR 104, no município de Alcantil, região do Cariri Oriental, na Paraíba.

O carregamento estava em um caminhão do tipo bitrem (duas carrocerias conjugadas) que havia sido parado no posto da Secretaria da Fazenda Estadual de Alcantil para que a nota fiscal fosse checada. A nota apresentada pelo condutor era de milho. No entanto, ao conferir a carga o fiscal percebeu que se tratava de cigarros. Neste momento o motorista fugiu a pé. Foi então que a PRF foi acionada para recolher a carga e tentar capturar o caminhoneiro foragido.

Quando os agentes da PRF chegaram ao local não foi mais possível encontrar o motorista, mas constataram que o carregamento era de cigarros da marca US que foram, possivelmente, contrabandeados do Paraguai. Em uma contagem preliminar foram contabilizadas cerca de 190 mil carteiras, que totalizam 3 milhões e seiscentos mil cigarros.

Os policiais ainda descobriram que o veículo é um clone, isto é, um caminhão roubado, mas com documentos e características de um outro em situação regular. Os PRFs constataram que os documentos do autocarga, no caso, os certificados de licenciamento de veículos (CRLVs), foram furtados dos Detrans de São Paulo e Santa Catarina e preenchidos posteriormente pelos criminosos.

A carga e a carreta foram encaminhadas para a delegacia da Polícia Federal de Campina Grande, onde a contagem dos cigarros será concluída. O inquérito será aberto na mesma unidade policial.

Combate ao crime – Esta é a terceira ocorrência registrada nas últimas 24 horas pela PRF na região de Campina Grande. Desde o último final de semana que a Polícia Rodoviária Federal intensificou as ações de combate ao crime naquela localidade.

Fonte: MJ PRF

Comentar

You must be logged in to post a comment Login

Comentar

destaque

To Top