Inspeções da CGJ do TJBA revelam um judiciário decadente e moribundo

Precariedade dos cartórios de Salvador apontam para um judiciário decadente e moribundo. O fato é que já temos novos candidatos, todos, obvio ávido pelo mais alto cargo do Poder Judiciário e lá se vai mais uma gestão robusta de acalorados discursos, renovam-se as promessas em sinal que não é uma tartaruga tão grande assim. Reclamar onde? Não há o que reclamar apenas acatar. As ouvidorias, melhor seria ombudsman dos TJs, é como as dos Calls Centers das operadoras telefônicas, uma piada. Ouvidoria é como a linha do Equador, todos sabem que existe, mas ninguém vê.

Ler mais

GVlaw inaugura 11 novos cursos de educação continuada

O GVlaw oferece 10 programas de especialização, com duração de 2 anos (equivalente a 432 horas-aula), sobre temas de direito administrativo, tributário, econômico, propriedade intelectual, responsabilidade civil, contratos empresariais, direito imobiliário, direito empresarial, direito penal econômico e direito societário. O programa foi concebido em módulos independentes entre si, distribuídos nas categorias de formação e profissionalizante.

Ler mais

Aluno será ressarcido por curso incompleto

A juíza da 15ª Vara Cível de Natal, Martha Danyelle Sant´Anna Costa Barbosa, determinou que fosse devolvido o valor de R$ 9.789,04 a um aluno do curso de Master in Business Administration (MBA) em Marketing, acrescido de juros e correção monetária. A prestação dos serviços educacionais seria fornecida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) – conveniada ao Centro Brasileiro de Profissionalização Empresarial

Ler mais