Como evitar assaltos em condomínios

Um dado alarmante é que 90% dos assaltos em condomínios são realizados por bandidos que não têm um prédio certo; ou seja, estão sempre em busca de condomínios vulneráveis. Normalmente, os bandidos não estão atrás de um morador especifico, mas, sim, de oportunidades. Conclui-se, assim, que quanto mais protegido for o condomínio, menos atraente ele será para os criminosos.

Ler mais

Multa em condomínios

Antes de penalizar o condômino que cometeu alguma irregularidade, deve ser registrada uma reclamação. O ideal é que a queixa seja transcrita no Livro de Reclamações, que deve estar sempre disponível na portaria. A reclamação pode ser documentada também por e-mail ao síndico ou à administradora. No caso de a ocorrência ter sido flagrada e comprovada pelo síndico ou funcionários do condomínio, também deve ser relatada no livro.

Ler mais

Chuvas: Omissão do Estado é motivo para medidas judiciais e ressarcimento dos prejuízos

O advogado destaca que o Ministério Público e associações, com mais de um ano de existência, também podem ingressar com Ação Civil Pública com o objetivo de proteger os interesses coletivos. “A Ação Civil Pública visa proteger todos aqueles que estão nas áreas de risco, que podem ser as próximas vítimas das enchentes. O Estado tem que solucionar o problema de forma emergencial”, conclui Karpat.

Ler mais

Sabesp pode ser responsabilizada por prejuízos provocados pela chuva em Franco da Rocha, afirma especialista

“Comprovada a abertura das comportas na represa Paiva Castro em Franco da Rocha de forma negligente, a Sabesp deverá indenizar todos os moradores da região. Para tanto, é necessário inicialmente a comprovação da responsabilidade da Sabesp por ter aberto as comportas de forma desnecessária. Tal direto poderá ser pleiteado em ação coletiva ou individual. O importante é ficar provado o nexo de causalidade (relação) entre o evento – danos às casas, comércios e empresas oriundos da enchente – e o serviço público ”, afirma.

Ler mais